Ouvido Perfeito

Postado em: 11 de agosto de 2009

Foi uma conversa gostosa como a muito não tinha. Começamos em uma tarde de sol, interrompemos e voltamos de onde paramos na primeira oportunidade em que nos encontramos sozinhos.

Parecia que não tinha se passado um minuto. E eu comecei assim: ” Então, é isso.” E despejei. Falei, falei, falei, como uma metralhadora giratória. Ele ouviu, rio, falou, malhou da minha cara e no fim, quando chegamos ao nosso destino me beijou e disse que me ama. Delicioso.

A gente sempre se despede com um Eu te amo, mas parece que é sempre novidade. Deve ser por que o amor muda a cada dia, cresce, enlarguesse, toma formas diferentes. O que importa é que sua incondicionalidade permanece. Isso se repete mesmo depois das nossas brigas, pq a gt briga, é claro. A grande maioria das vezes é pela implicancia natural que move a nossa relação.

Dias desses estávamos na cozinha, eu lavando e ele secando. Naquele dia em especial ele implicava comigo de um jeito notável. Eu sou uma pessoa muito calma, paciente, tolerante…  O tempo que levo pra perder a paciência é o mesmo que um fósforo leva pra queimar. Já ele…

No meio da apurrinhação, eu já tinha apelado a muito tempo e ele continuava enchugando a louça, implicando e rindo da minha cara. Foi nesse momento que eu não me segurei: ” Mas é muito chatice pra uma pessoa só!” Pronto! Foi aberta a enquete. Quem é mais chato? Você ou eu? É claro que ele falava que era eu, e eu que era ele.  O Maior Chato de Todos é um título que ninguém quer ganhar.

Quando a louça já estava em sua casinha ainda não tínhamos chegado a um acordo então decidimos nos render, afinal fazemos parte da mesma escola, farinha do mesmo saco, uvinha do mesmo cacho, dedos da mesma mão e por aí vai.

O que vale mesmo é nossa grande amizade, o amor incondicional que sentimos um pelo outro e a certeza de que ele é o dono do ouvido perfeito pra todos os meus delírios.

Te amo pai.

1 Response to "Ouvido Perfeito"

Amei esse site. Muito conteúdo de qualidade. Abraço e sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações

agosto 2009
D S T Q Q S S
« jul   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivo