Travessuras da menina má – Mário Vargas Llosa

Postado em: 29 de abril de 2012

Ricardo o nome do moço. 1950 no verão de Miraflores, Peru ele conheceu quem seria para sempre sua chilenita. Lily, a mais velha e mais baixa das duas irmãs. Encantadoura, de fala rápida parecia já ter feito tudo que aquele menino nunca tinha nem sonhado.

Por falar em sonhos, Ricardo Somocurcio sonhava, desde sempre, morar em Paris.

E assim aconteceu.

Tornou-se tradutor e exerceu esse ofício mudando textos do espanhol para o francês, inglês e mais tarde russo. Ora de um para outro deles.

Estando em Paris conheceu a camarada Arlete, depois madame Robert Arnoux,  Mrs. Richardson e Kuriko.

Todas elas ou melhor: ela sempre tratava Ricardito como “bom menino”.

Bom e paciente menino escolheu viver o seu amor, o seu grande e verdadeiro amor.

Gostei.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações

abril 2012
D S T Q Q S S
« fev   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivo