Continue

Postado em: 24 de janeiro de 2017

pieces-of-the-puzzle-592798

A coisa mais difícil que fez na vida.

Tentava da direita para a esquerda.

Dava errado.

Tentava da esquerda para a direita.

Errado outra vez.

De cima para baixo, de baixo para cima.

Não dava jeito, continuava errado.

Parava, respirava.

Tentava outra vez.

E, assim, foi durante um longo tempo.

Em um dia, não se sabe nem quando, um pedacinho, um pouquinho começou a dar certo.

O desafio era tão grande, tantas coisas a serem feitas e acertadas que nem houve tempo para comemorar.

Continuou, a partir daquele pequeno acerto, tentando outras estratégias.

Os acertos foram se multiplicando.

Alguns vieram como avalanche, de uma só vez.

Outros demoraram tanto para acontecer que pareciam que, na verdade, nunca viriam.

Quando essa fase de “não vai dar tudo certo” chegou, pensou em desistir.

Parou.

Respirou.

Continuou.

Um belo dia a fase passou.

Quando?

Não se sabe.

Estava trabalhando tanto que nem viu quando ela se foi.

E, quando viu, de um minuto para o outro, tudo aquilo que era tão difícil fazer entrou no modo automático.

Todas as etapas.

Das impossíveis às facílimas.

Tudo foi conquistado.

O segredo?

Não existe um grande segredo.

Apenas continuar trabalhando o difícil só até ele ficar fácil.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações

janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivo