Arquivos de dezembro 27th, 2017

Faltam exatamente quatro dias para o novo ano.

Acredito, de verdade, que ainda dá para salvar o que você deixou para trás nos últimos 361 dias.

Assim, infelizmente tenho que dizer:

Não dá para emagrecer todos aqueles quilos planejados nem arrumar sua vida financeira em definitivo ou ser aprovado em um concurso público.

Em quatro dias, não tem como.

Mas algumas coisas têm como sim, têm como serem resolvidas em definitivo em apenas quatro dias e o que não dá pra realizar de fato dá pra ensaiar.

Sabe aquela briga que você teve com a sua amiga do coração?

Eu sei, eu sei.

Sei que você anda dizendo a quem quiser ouvir que, na verdade, você nunca teve amiga do coração, que quer que ela se exploda e que, no que depender da sua pessoa, a amizade não reata nunca mais.

Eu sei também que, mesmo com toda essa sua valentia, sente uma falta dela que chega a arder.

Agora mesmo, no Natal, ninguém ficou sabendo, mas você se viu procurando o presente que gostaria de dar para aquela criaturinha abominável das neves.

Quando estava quase comprando, se lembrou da briga e largou o presente indo embora da loja.

Tá certo, tudo bem não dar presente de Natal.

Mas conta pra mim: está valendo a pena toda essa raiva, todo esse rancor?

A briga foi feia, eu sei, mas é para ficar de mal assim tanto tempo?

Teve motivo suficiente para um bico eterno?

E também, amiguinha, vamos combinar: ficar de mal é coisa de gente imatura.

No mundo dos adultos, ainda mais no mundo dos adultos que se curtem como você e sua amiga, as pessoas sentam, resolvem a situação e continuam a vida, a amizade, enfim, continuam tudo o de melhor que havia antes da briga.

Fazer as pazes, pedir perdão, dá tempo de fazer em quatro dias.

Você faz isso, salva essa amizade que existe desde o milênio passado e ainda começa o ano feliz da vida.

Essa é uma coisa que dá para resolver em definitivo em quatro dias.

Outra coisa é aquela conta que você pendurou há um ano inteiro.

A conta não é assim tão grande, você acabou de receber as férias, vai lá, mulher do céu, paga a conta que é sua.

Que coisa feia ficar devendo os outros só de relaxo.

O dinheiro não é muito pra você, mas, vai ver, pra quem você deve, vai salvar os últimos quatro dias do ano.

Paga lá!

E o que não dá pra fazer nas últimas 96 horas do dia dá pra ensaiar.

Por isso, te convido a usar esses poucos momentos como zona de teste.

Ensaiar antes de que as cortinas do novo se abram e o espetáculo comece!

Comece logo cedo o ensaio de comer mais saudável, tomar banhos mais rápidos, passar protetor solar.

Comece a ensaiar tratar as pessoas com mais carinho, deixar seu quarto organizado, ser gentil no trânsito.

Ensaie abandonar o cigarro, comer menos açúcar, trocar o elevador pelas escadas.

Sei lá, cara, não sei o que você quer para os próximos 365 dias que começam a partir do 1 daqui a 4 dias.

Partindo do princípio de  que você, assim como eu, deseja tornar-se a melhor versão de si mesmo,  aproveite para ensaiar, afinal, daqui a pouco, o espetáculo vai começar!

 


Publicações

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivo